CRIAÇÕES

[en]  CREATIONS/ PLAYING NOW
[es]  CREACIONES/ EN GIRA

 

EM CENA


22º criação | 2020 | A FURGONETA

Romão e o irmão que decidem reformar o negócio do pai, homem com milhares de quilómetros feitos pelas aldeias do Minho. Mas agora o negócio é outro: a furgoneta que vendia tudo e mais alguma coisa passa a startup, e a compra de uma simples faca, que dava para estonar batatas e cortar o pescoço ao frango, já não é feita da mesma maneira! Confrontados por um modo de vida que está a chegar ao fim entre os últimos fregueses e os velhos vendedores ambulantes, os dois irmãos vêm-se divididos entre o progresso tecnológico e os que ainda resistem nas aldeias à espera da buzina estridente e dois dedos de conversa.

À boleia da furgoneta, somos também confrontados com a desertificação e o abandono do mundo rural. No retrovisor, já se avistam escavadoras!

2020 | Espetáculo selecionado para o Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA (Plataforma Transfronteiriça de Teatro Amador) [Portugal]
2020 | Texto vencedor da 1ª edição da Bolsa TEIA de Criação Teatro Amador da rede cultural TEIA – Teatro Em Iniciativa Associativa, do Projeto Comunidade do Teatro do Noroeste – CDV [Portugal]


21º criação | 2019 | RAPOSOS

A peça é um alerta sobre a propriedade da terra e os seus elementos naturais. A história fala-nos de uma barragem abandonada na construção, que não passou o tamanho das portadas da igreja da localidade, ao contrário das grandes barragens que engoliram aldeias inteiras, aqui o rio pressentindo tamanha clausura secou. Entre as árvores cortadas e a aldeia abandonada, os que ficaram, entre homens e bichos, tudo tentam para encontrar o rio novamente, algum sinal de água. Esta é uma procura efabulada sobre esconderijos, animais e homens antigos.

2020 | Prémio Guia dos Teatros para Melhor Espetáculo Não Profissional [Portugal]
2019 | Estreia no Festival de Teatro de Barcelos [Theatro Gil Vicente] (Prémio de Melhor Espetáculo, Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa) [Portugal]


20º criação | 2018 | PÃO NOSSO

A aldeia de Balugães foi terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos.

2021 | Espetáculo selecionado para o Mondial du Théâtre – World Festival of Amateur Theatre [Mónaco]
2020 | Espetáculo vencedor do Concorso Teatrale Internazionale “Città di Chivasso”. Vencedor do Prémio de Melhor Espetáculo e Prémio de Melhor Encenação [Itália]
2020 | Espetáculo selecionado para o  Red Apple International Theater Festival [Sri Lanka]
2020 | Espetáculo selecionado para o Festival Ibérico de Teatro Amateur [Espanha]
2020 | Um dos três espetáculos finalistas nomeados para Melhor Espetáculo Internacional – Prémio UNIR nos prémios ESCENAMATEUR “Juan Mayorga” de las Artes Escénicas [Espanha]
2020 | Espetáculo vencedor do CONTE – Concurso Nacional de Teatro 2020 (oito nomeações). Vencedor do Prémio Ruy de Carvalho para Melhor Espetáculo e Prémio de Melhor Cenografia [Portugal]
2019 | Espetáculo selecionado para o Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA (Plataforma Transfronteiriça de Teatro Amador) [Espanha]
2018 | Estreia no Festival de Teatro de Barcelos [Theatro Gil Vicente] (Prémio de Melhor Espetáculo, Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa) [Portugal]
2017 | Residência Artística Pão Nosso premiada pelo programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL | Gala de Reconhecimento Social (Teatro da Trindade em Lisboa) [Portugal]

[en]  CREATIONS/ PLAYING NOW

PLAYING NOW

20º creation | 2018 | PÃO NOSSO [Our Bread]

The village of Balugães was a land where a lot of bread was kneaded and many pine troughs were carved. Bread was the livelihood, as so were the troughs. A list of short stories that tell more than the artifact, the food, the work. A collection of memories, litanies, songs and crafts, recovering utensils and artistically articulating the creation of the show with the community. From here, the Teatro de Balugas approaches the bread cycle in the village in a theatrical and poetic way, reconstructing it from different non-traditional and almost dreamlike principles.

2021 | Show selected for the Mondial du Théâtre – World Festival of Amateur Theatre [Monaco]
2020 | Winning play of Concorso Teatrale Internazionale “Città di Chivasso” (won the Awards for Best Show and Best Staging [Italy]
2020 | Show selected for the Red Apple International Theater Festival [Sri Lanka]
2020 | Show selected for the Festival Ibérico de Teatro Amateur [Iberian Amateur Theater Festival] [Spain]
2020 | One of the three finalist shows nominated for the Melhor Espetáculo Internacional – Prémio UNIR nos prémios ESCENAMATEUR “Juan Mayorga” de las Artes Escénicas [Best International Show – UNIR Award at the ESCENAMATEUR “Juan Mayorga” of the Performing Arts Awards] [Spain]
2020 | Winning play of CONTE – Concurso Nacional de Teatro 2020 [CONTE – National Theater Competition 2020] (8 nominations). Winner of the Prémio Ruy de Carvalho para Melhor Espetáculo [Ruy de Carvalho Award for Best Show] and Prémio de Melhor Cenografia [Best Scenography Award] [Portugal]
2019 | Show selected for the Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA (Plataforma Transfronteiriça de Teatro Amador) [Transfrontier Amateur Theater Festival PLATTA (Transfrontier Amateur Theater Platform)] [Spain]
2018 | Premiere at the Festival de Teatro de Barcelos [Barcelos Theater Festival] at the Theatro Gil Vicente (won the Awards for Best Show, Best Setting, Best Sound Design, Best Stage Lighting and Best Wardrobe) [Portugal]
2017 | Artistic Residency awarded by the Fundação INATEL Support Program for Associations | Social Recognition Gala (Teatro da Trindade in Lisbon) [Portugal]

[es]  CREACIONES/ EN GIRA

EN GIRA

El pueblo de Balugães ha sido un lugar donde mucho pan ha sido amasado y muchos cuencos de pino han sido tallados. El pan era el sustento, los cuencos también. Una relación de pequeñas historias que cuentan más allá del artefacto, del alimento, de la labor. Una recolección de memorias, letanías, cantares y oficios, recuperando utensilios y articulando artísticamente con la comunidad la creación del espectáculo. A partir de esto, Teatro de Balugas presenta un enfoque del ciclo del pan en el pueblo bajo una forma teatral y poética, con una reconstrucción a partir de principios distintos no tradicionales y casi oníricos.

2020 | Espectáculo seleccionado para el Mondial du Théâtre – Festival Mundial de Teatro Amateur [Mónaco]
2020 | Espectáculo vencedor del Concorso Teatrale Internazionale “Città di Chivasso” (Premio de Mejor Espectáculo y Mejor Puesta en Escena) [Italia].
2020 | Espectáculo seleccionado para el Red Apple International Theater Festival [Sri Lanka].
2020 | Espectáculo seleccionado para el Festival Ibérico de Teatro Amateur [España].
2020 | Uno de los tres espectáculos finalistas nominados para Mejor Espectáculo Internacional – Premio UNIR en los premios ESCENAMATEUR “Juan Mayorga” de las Artes Escénicas [España].
2020 | Espectáculo vencedor del CONTE – Concurso Nacional de Teatro 2020 (ocho nominaciones). Vencedor del Premio Ruy de Carvalho para Mejor Espectáculo y Premio de Mejor Escenografía [Portugal].
2019 | Espectáculo seleccionado para el Festival Transfronterizo de Teatro Amateur PLATTA (Plataforma Transfronteriza de Teatro Amateur) [España].
2018 | Estreno en el Festival de Teatro de Barcelos [Theatro Gil Vicente] (Premio de Mejor Espectáculo, Mejor Escenografía, Mejor Diseño de Sonido, Mejor Iluminación Escénica y Mejor Diseño de Vestuario) [Portugal].
2017 | Residencia Artística “Pão Nosso” premiada por el Programa de Apoyo al Asociativismo de la Fundación INATEL | Gala de Reconocimiento Social (Teatro da Trindade en Lisboa) [Portugal].