EM CENA

PÃO NOSSO

A aldeia de Balugães foi terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos.

Esta produção do Teatro de Balugas resulta de uma residência artística de teatro comunitário que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL, tendo a peça arrecadado o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos em 2018, bem como os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa. Em 2019, a peça de teatro foi selecionada para apresentação no Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, em Espanha.

[FICHA ARTÍSTICA]
[texto original e direção artística] Cândido Sobreiro

[INTERPRETAÇÃO]
Diana Gonçalves, Cândido Sobreiro, André Sobreiro, Davide Faria, Aurélio Magalhães, Cristiano Esteves, Gilda Silva e Juliana Pereira
[cantadeiras da Ronda Típica da Ponte das Tábuas] Gracinda Sousa e Isabel Dantas

[EQUIPA TÉCNICA]
[produção] Diana Gonçalves
[sonoplastia . iluminação cénica] Matilde Esteves, Tiago Martins e Ana Magalhães
[cenografia . carpintaria] Aurélio Magalhães, Nuno Sobreiro e Cristina Faria
[guarda-roupa] Diana Gonçalves, Isabel Marques e Lucinda Pereira
[cartaz e multimédia] André Sobreiro

[APOIOS]
Junta de Freguesia de Balugães | Câmara Municipal de Barcelos | Barcelos Cidade Educadora/Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras | Barcelos Cidade Criativa UNESCO | Fundação INATEL | Federação Portuguesa de Teatro | TEIA – Teatro em Iniciativa Associativa | Rede da GaliLusofonia | ID3 – Design e Publicidade

Anúncios

Os comentários estão fechados.