TERREIRO

TERREIRO [espetáculo de teatro comunitário]

De dois em dois anos, na primeira semana de agosto, a aldeia de Balugães e a companhia de teatro local, o Teatro de Balugas, levam ao adro da Igreja Românica de São Martinho de Balugães um espetáculo de teatro comunitário e de forte identidade local, assente numa cultura de valorização do espaço e na materialização artística da memória coletiva da aldeia.

 

 

 

 

 

 


TERREIRO adiado para 2021
Face à incerteza sobre a situação atual e dos próximos meses, despoletada pelo surto de COVID-19, o Teatro de Balugas, juntamente com as companhias de teatro participantes na edição para este ano do TERREIRO, vêem-se forçados a adiar para 2021, o espetáculo de teatro comunitário “A boda dos Rabudos”, programado para o evento que se realiza de dois em dois anos em Balugães (Barcelos). A estreia estava agendada para dia 1 de agosto deste ano e trata-se de uma coprodução do Teatro de Balugas e dos grupos galegos Teatro Airiños e Andaravía Teatro, que levarão no próximo ano ao adro da Igreja Românica de São Martinho de Balugães, um espetáculo de teatro comunitário assente numa cultura de valorização e materialização artística da memória coletiva da aldeia e do noroeste peninsular. Nesta aldeia do Minho, marcada pelo caminho Português de Santiago, o TERREIRO junta a terra e o palco como dois planos que são indissociáveis da sobrevivência espiritual do homem, mas também da natureza de um teatro popular e comunitário que sempre foi feito do povo, para o povo, e a partir de uma ideia de pertença coletiva.

2018 | espetáculo de teatro comunitário “Abaixo o Aeroporto em Balugães”

 

 

 

 

 

 


2016
| espetáculo de teatro comunitário “O Auto dos Bons Diabos”


2013 | espetáculo de teatro comunitário “Abaixo o TGB São Martinho de Balugães – Santiago de Compostela”


Os comentários estão fechados.